UCESS faz 20 anos e celebra com espetáculo “Violetas na Janela”

>>UCESS faz 20 anos e celebra com espetáculo “Violetas na Janela”

UCESS faz 20 anos e celebra com espetáculo “Violetas na Janela”

2017-12-13T19:46:20+00:00 13 de dezembro de 2017|

Anote aí na sua agenda, pois em março de 2018 você certamente irá querer participar deste momento muito especial: pela primeira vez, o espetáculo “Violetas na Janela” estará na Suíça! A peça, que é baseada na psicografia do espírito Patrícia e é sucesso de público e crítica no Brasil há mais de 20 anos, marcará em grande estilo as comemorações do 20º aniversário da União dos Centros de Estudos Espíritas da Suíça (UCESS).

“Temos uma história muito bonita para celebrar: a trajetória do movimento espírita na Suíça, a amorosa dedicação de todas as pessoas engajadas nesse processo e, principalmente, o propósito de União que deu origem à criação da UCESS, há duas décadas. Tudo isso merece ser comemorado em um ambiente de muita alegria, gratidão e celebração da vida. Então, nada melhor do que coroar esse momento trazendo para o país este emblemático espetáculo”, destaca Rejane Hostettler, presidente da UCESS.

A temporada suíça contará com apresentação no Musical Theater, em Basel, no dia 10 de março, e também em Genebra, em data a se confirmar.

O espetáculo com temática espírita tem uma trajetória de 20 anos de sucesso nos palcos brasileiros

Do best-seller de mesmo nome, com mais de 2 milhões de cópias vendidas, a peça foi adaptada para o teatro e é dirigida pela atriz Ana Rosa (muito conhecida pelo público luso-brasileiro pela sua carreira na televisão, sobretudo em diversas novelas da Rede Globo), que também integra o elenco. O espetáculo é reconhecido por sua linguagem leve e mensagem positiva acerca da temática da vida após a morte.

A história foi psicografada por Vera Lucia Marinzeck de Carvalho, tia da jovem Patrícia, narradora da obra, que faleceu com apenas 19 anos, após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC). O despertar em uma nova realidade, a (re)adaptação à vida fora do corpo físico, o ambiente da colônia espiritual, entre outras questões, são abordados de forma natural e bem-humorada, levando uma emocionante e consoladora mensagem sobre a continuidade da vida.

“Estamos muito felizes com a oportunidade de montar aqui na Suíça esse espetáculo, porque essa é uma maneira lúdica de apresentar a visão espírita acerca de temas que são universais e muito inquietantes, como o desafio da elaboração do luto e os questionamentos sobre o que nos espera após a nossa morte”, sublinha Rejane, ressaltando o fato de um enredo como esse ser incapaz de passar indiferente a qualquer pessoa, independentemente de já conhecer ou não a doutrina espírita.

Rejane ressalta ainda que a forte presença musical na produção contribui diretamente para que ela seja facilmente acompanhada por falantes de outros idiomas. Além disso, as apresentações contarão com legendas em alemão e em francês, exibidas em telão. “Estamos fazendo de tudo para viabilizar ao máximo o acesso do público suíço a esse conteúdo, pois não temos dúvida de que a receptividade ao seu conteúdo será a melhor possível”, destaca Rejane, adiantando que também está previsto para 2018 o lançamento no país do livro traduzido para o alemão.